27 de dez de 2011

Ragnarök Online - Saiba um pouco mais sobre esse famoso MMORPG

Ragnarök Online  é um MMORPG desenvolvido pela empresa sul-coreana Gravity Corp.. Os cenários, mitos e lendas do jogo, foram baseados, inicialmente, no manhwa Ragnarök de Lee Myung-Jin.
Ragnarök Online foi o primeiro jogo online Coreano a ser exportado com sucesso à outros países. No Brasil, foi o primeiro MMORPG traduzido oficialmente para a língua portuguesa, rodado em servidores nacionais, com planos de pagamento em Real. Estima-se que possua mais de 25 milhões de assinantes no mundo todo.



O jogo mistura gráficos com personagens bidimensionais (sprites) com cenários em tridimensionais (3D). Para movimentar o personagem e conversar com NPCs utiliza-se o mouse, enquanto o teclado é usado para execução de habilidades (de acordo com os atalhos, que podem ser modificados) e para comunicação com outros jogadores. É possível visualizar o nome, a guild e a party de um personagem ao passar o ponteiro do mouse sobre ele.
A tela de jogo apresenta uma "janela principal" composta de um menu com o desenvolvimento, o nome do personagem, sua classe, o HP, o SP, o peso em itens e o dinheiro do personagem. Existe também uma barra de atalhos que representam as teclas do F1 ao F9, podendo ser expansível em até quatro linhas. O jogador pode configurar seus itens, equipamentos e suas habilidades que serão usadas nele. Também existe uma barra de chat, que permite o jogador se comunicar publicamente com outros personagens presentes no mesmo mapa, ou privadamente com qualquer outro jogador, com os membros da guild, da party, e amigos. É possível alterar o "tema" das janelas utilizando skins.
Ao lado direito, são mostrados símbolos que indicam estado do personagem, como buffs ou status negativos. Ao passar o mouse no buff, é possível obter mais detalhes sobre e sua duração. Ao passar de nível de base ou classe, aparece um ícone no canto inferior esquerdo da tela, que funciona como atalho para suas respectivas janelas.
Também existe o Battle Mode ( Modo de Batalha) que permite o uso, além do F1 ao F9, o uso do teclado para utilizar as habilidades. Com a Renovação, é possível modificar as teclas de sua preferência.







Ao criar um personagem é possível escolher um nome, e cor e estilo do cabelo. É possível alterar sua aparência utilizando equipamentos para a cabeça,como chapéus. Enquanto as "roupas" do personagem variam de classe para classe. O sexo do personagem é determinado ao criar a conta, e geralmente é o mesmo do usuário, devido à limitações técnicas e à política da Gravity.



O desenvolvimento do personagem é avaliado de duas formas: o Base level (Nível de Base) e Job level (nível de classe). O primeiro, é fixo, e indica o nível do personagem; se inicia do nível 1, e tem como limite 150. Cada vez que um personagem passa de nível de base, ele recebe alguns pontos para distribuir livremente entre seus atributos. O segundo, nível de classe, indica o nível atual da profissão do personagem. Cada vez que o personagem passa de nível de classe, recebe um ponto para adquirir uma habilidade, ou um nível de habilidade. Esta possui diferentes limites, dependendo da classe.
Para subir os níveis de um personagem, o jogador deve adquirir EXP (pontos de experiência), que são recebidas, principalmente, ao derrotar monstros. Existem também quests, que ao serem completadas dão EXP ao jogador.






Ragnarok Online é distribuído oficialmente na Coréia do Sul, Estados Unidos, Canadá, Japão, China, Taiwan, Hong Kong, Indonésia, Filipinas, Brasil, Malásia, Cingapura, Rússia, Índia, Alemanha,Itália, Áustria, Turquia, Reino Unido, Suíça, França e Vietnã; com respectivos servidores para cada região.
Existem ainda inúmeros servidores privados (também chamados de private servers ou "servidores piratas"), que geralmente oferecem itens customizados e outros elementos de diferenciação em relação aos servidores oficiais. Em parte, são servidores gratuitos, mas muitos possuem o sistema de "doações", no qual o jogador recebe recursos extras em troca de dinheiro real.


Nenhum comentário:

Postar um comentário