6 de abr de 2012

Uma década sem Layne Staley


Ontem, 5 de abril, completou uma década da morte de Layne Staley, vocalista do Alice in Chains. O músico morreu de overdose de uma mistura de heroína e cocaína em 2002, aos 34 anos.

O Alice in Chains foi uma das bandas que consagrou o grunge ao lado do Nirvana, Pearl Jam eSoundgarden. Sempre foi vista como a banda com a veia mais dark e pesada de Seattle, principalmente devido às letras corrosivas de Staley e Jerry Cantrell e a voz inigualável de Staley. Com o sucesso do single "Man in the Box" (do álbum Facelift, de 1990) e do álbum Dirt (2000), seu segundo de estúdio, entraram para a história do rock e deixaram hinos da época como "Them Bones", "Would?" e "Angry Chair", entre outros. Diversas das letras da banda refletem o vício de Staley e seu repúdio pela própria condição, da qual foi incapaz de sair.

O Alice in Chains voltou ao estúdio em 2009, com William DuVall, do Comes With The Fall, no lugar de Staley. A banda já se apresentava com o cantor ao vivo desde 2005. A formação veio ao Brasil, para o SWU.

Em uma curiosidade mórbida, na mesma data, em 1994, morria aos 27 anos Kurt Cobain. O suicídio do líder do Nirvana completou 18 anos.

Um comentário:

  1. Ele era um charme em pessoa lindo demaisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss fofo demaisssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir