17 de abr de 2012

The Walking Dead: "O melhor está por vir", diz Robert Kirkman sobre a terceira temporada


O elenco e os produtores de The Walking Dead estiveram na TV Academy, em Los Angeles, para um coletiva na sexta-feira, e o Hollywood Reporter reuniu as informações mais interessantes ditas lá em relação ao futuro da série.

Se você não viu ainda o final da segunda temporada, as declarações abaixo contêm spoilers.

O produtor-executivo Glen Mazzara conta que a ideia de matar Hershel - personagem que tem vida longa nos quadrinhos - na série de TV foi abandonada na última hora. "Parecia que íamos descartar mais um cadáver; sentimos que seria violento demais e gratuito demais", diz. Questionado, porém, se Hershel continua sendo "um cara foda com um rifle", Mazzara desconversou: "Veremos em outubro, na terceira temporada".


A morte de Dale não estava prevista - o ator Jeffrey DeMunn pediu pra sair, em solidariedade ao afastamento do produtor Frank Darabont - mas acabou tornando-se um "agrado" para os zumbis. "A série estava precisando de uma morte na mão dos zumbis", diz Mazzara. A perda do personagem, segundo a atriz Laurie Holden (que vive Andrea), ainda será sentida, particularmente por Andrea e Glenn. Uma curiosidade: a pedido do supervisor de maquiagem e diretor do episódio, Greg Nicotero, a cena da morte de Dale não foi ensaiada.

Por sua vez, Sarah Wayne Callies, que vive Lori, diz que a criação de Carl continua sendo uma questão para ela e Rick. "Há dias em que Lori acha que o melhor que pode fazer pelo filho é dar para outra pessoa criar, e há dias em que ela acha que o melhor é manter Carl longe de Rick. Todo dia ela sente como se estivesse sendo expulsa de si mesma." Ao fim da segunda temporada, depois de tantos acontecimentos que a afetaram profundamente, Lori já não reconhece a si mesma, diz a atriz.

Mazzara já fechou o roteiro do primeiro episódio da terceira temporada: "Tem muito dinamismo, muita ação e muitos zumbis, mas também muitos momentos de emoção e reflexão", resume. Co-produtor e criador da HQ, Robert Kirkman emenda: "O melhor está por vir, os leitores sabem. Michonne, o Governador e Woodbury definem a HQ, e na série de TV ainda nem chegamos nisso. Com esses elementos aparecendo, a série vai mudar um pouco".

Sobre o coadjuvante Daryl, criados para a série de TV, Nicotero diz que ele continuará sendo o braço direito de Rick: "É interessante vê-lo numa posição de poder". Questionado sobre o destino marcante de Dale nos quadrinhos, em oposição à sua morte antecipada na TV, Kirkman termina com uma provocação: "Haverá casos em que algo memorável da HQ, como esse exemplo, será deslocado na TV e usado em outro personagem. Na verdade, algo assim já acontecerá no primeiro episódio da terceira temporada".

As gravações começam em 31 de maio na cidade de Senoia, no Estado da Georgia.

Um comentário:

  1. ah esse spoiler tah mais do q light, kkkk pq eu toh deixando pra assistir a 2ª temp. sem parar e esse post não estragou minha espectativa kkkk abs Kaio Steter

    ResponderExcluir