13 de jan de 2012

DC Comics: Seis das novas 52 séries são canceladas e substituídas por outras seis


Seis saem, seis entram. É a decisão da DC Comics após quatro meses no mercado com 
sua iniciativa que lançou 52 novas séries em setembro. Seis títulos que estavam entre as menos vendidas do reboot caem fora - Men of War,Mister Terrific, O.M.A.C., Hawk & Dove, Blackhawks eStatic Shock -, prontamente substituídas por outras seis.

A notícia foi anunciada ao jornal USA Today em duas matérias. E tem boas novidades entre as novas séries:


- Batman Incorporated: O título retorna para nova fase, substituindo o que deveria ser a minissérie Batman: Leviathan. Grant Morrison e Chris Burnham retomam a parceria para contar a derrocada do Bat-plano multinacional, e também o adeus de Morrison ao homem-morcego - "se sobrevivermos ao apocalipse maia", acrescenta o escritor.

- Earth 2: Anteriormente citada como série da Sociedade da Justiça, a parceria entre James Robinson e Nicola Scott vai pegar toda essa realidade paralela com os personagens da Velha Guarda da DC.

- World's Finest: O título ressuscitado também tem ligações com a Terra-2, pois traz as personagens Caçadora e Poderosa "exiladas" daquele mundo. Paul Levitz roteiriza, comGeorge Pérez e Kevin Maguire revezando-se nos desenhos.

- The Ravagers: Série derivada de Superboy e Teen Titans, estrelando quatro super-adolescentes em fuga da organização N.O.W.H.E.R.E. O roteirista Howard Mackie retorna aos quadrinhos após longa ausência, com Ian Churchill nos desenhos.

- G.I. Combat: Descendente direta de Men of War, a série vai ter o mesmo padrão da anterior - uma história principal mais longa (começando com "A Guerra Que a História Esqueceu", por J.T. Krul e Ariel Olivetti) e secundárias com o Soldado Desconhecido (Justin Gray, Jimmy Palmiotti e Dan Panosian) e o Tanque Mal-Assombrado (John Arcudi e Scott Kollins).

- Dial H: A última e promissora série resgata o conceito "Disque H para Herói", com o aparelo que concede superpoderes a quem o tiver. O escritor de ficção científica China Miéville fará sua primeira HQ, ao lado do desenhista brasileiro Mateus Santolouco (e capas de Brian Bolland).

As séries canceladas terminam nas edições número 8, de abril. As novas séries começam em maio.

Fonte: Omelete

Nenhum comentário:

Postar um comentário