21 de fev de 2012

Especial de Personagens : Hibari Kyoya


Tem uma força descomunal (é dito ser o mais forte do grupo) e usa suas tonfas para disciplinar alunos no colégio Namimori. Conhece Tsuna e Reborn, quando o bebê sugere que Tsuna, Gokudera e Yamamoto vão passar o tempo na sala do comitê disciplinar. É apaixonado pelo seu colégio e pelas regras dele, sendo o presidente do comitê disciplinar e usando o hino do colégio como ringtone. É temido por todos e amava ver as Sakura (flor de cerejeira) até o incidente com Dr. Shamal, que o faz passar mal próximo a elas; nestas condições acaba sendo derrotado por Mukuro, e nutre uma rivalidade com ele por causa disso. É altamente violento, só tem algum respeito para com lutadores fortes, odeia grupos com mais de três pessoas e só gosta da companhia do seu passarinho (Titulado "Hibird") que canta o hino do colégio Namimori. Acaba se tornando o guardião da nuvem na luta contra a Varia. Apesar disso, não costuma se fazer muito presente nos negócios da Vongola, e só luta a favor da família quando há algum interesse seu que converge com os interesses da família. Porém, no futuro, Hibari (de 26 anos) demonstra um pouco mais de interação com a Vongola (possivelmente devido ao respeito que Tsuna do futuro conquistou sobre ele) inclusive auxiliando nos planos de Tsuna e Irie. Também pode utilizar chamas da propriedade Névoa, mas raramente o faz, devido ao seu ódio por ilusionistas (por causa do evento com Mukuro). No futuro, seu animal de Box é um Ouriço,de nome Roll, capaz de propagar-se graças à propriedade Nuvem que possuí. A Cambio Forma da sua Vongola Box(também um ouriço) é a "Alaude no Tejou", um par de algemas que podem se multiplicar e assim que estiverem presas no adversário, se alargar, a fim de prender o adversário e estrângula-lo. Antes de uma luta, ele tem o hábito de dizer "vou te morder até a morte", algumas vezes traduzido como "vou te bater até a morte". Costuma chamar lutadores mais fracos de "herbívoros".

Anime: Katekyo Hitman REBORN!

Nenhum comentário:

Postar um comentário